Argentina em Notas

6 de agosto de 2015




Perfil do turista de Córdoba – O Observatório Turístico subordinado à Direção de Turismo da Municipalidade de Córdoba realiza todo ano uma pesquisa sobre a Demanda Turística de Inverno, com turistas argentinos e estrangeiros. Até o próximo dia 18, visitantes que estarão em 29 pontos da cidade, entre hotéis, lugares públicos, museus e restaurantes, além de outros lugares de interesse, serão entrevistados. Neste ano a pesquisa incorporou dois aspectos novos. ‘O que compram os turistas que nos visitam?’ e ‘Para que utilizam seus dispositivos móveis?’ Os resultados correspondentes ao primeiro semestre do ano mostram que: do total de 1597 entrevistados, 40 por cento realizam compras na cidade. Dessa porcentagem, 55% adquirem produtos regionais e 46%, roupa. Somente 23% levam algum suvenir. De acordo com a procedência do turista, a pesquisa revelou que 36% dos argentinos realizam compras na cidade, porcentagem que sobe para 56% entre os turistas estrangeiros. E mais: os argentinos preferem comprar roupa enquanto que os estrangeiros, produtos regionais, incluindo artesanato. 54% dos visitantes possuem algum dispositivo móvel (smartphone, tablet, netbook etc) e se encontram conectados. 47% utilizam para procurar hospedagem; 39% para localizar restaurantes e 70% usam para fazer fotos e postarem em redes sociais, com algum comentário. 48% dos turistas argentinos e 75% dos estrangeiros possuem dispositivos móveis. Em ambos os casos, utilizam na maioria das vezes para fazer fotos e buscar hospedagem: para este último motivo, somente 38% dos argentinos, contra 70% dos estrangeiros. Mais sobre o destino em www.cordobaturismo.gov.ar


Turismo Médico – A Secretaria de Turismo de Rosário, o Ente Turístico de Rosário, e 30 representantes do setor privado, vinculados ao turismo e à saúde assinaram uma carta de intenção para a criação de uma associação de turismo médico. O objetivo é desenvolver e potencializar a atividade na cidade de Rosário, província de Santa Fé. Do evento também participaram operadores turísticos, empresários hoteleiros e representantes do setor acadêmico. O Turismo Médico é um fenómeno global que consiste em viagem à outra cidade ou país para receber algum tipo de tratamento, intervenção ou atendimento médico ou de bem-estar, como tratamentos estéticos ou de spa. O Ente Turístico de Rosário definiu o turismo médico como um produto passível e o incorporou ao Plano de Desenvolvimento de Turismo Sustentável. Rosário conta com profissionais e prestadores de diferentes especialidades de reconhecido prestígio nacional e internacional, ligados às universidades e aos institutos de alta qualidade técnica e acadêmica. Mais sobre o destino em www.rosario.gov.ar


Cocina 7 Lagos – De 6 a 13 de setembro nas cidades de San Martin de los Andes e de Villa la Angostura – ambas na província de Neuquén – acontece a primeira edição do ‘Cocina 7 Lagos’, evento com aulas de culinária, circuitos gastronômicos e concursos de chefs regionais, este, integrante do Torneio Federal de Chef, da Fehgra – Federação Empresarial Hoteleira e Gastronômica da Argentina. No período, estabelecimentos das cidades oferecerão descontos. No domingo, dia 13, no encerramento, haverá um almoço patagônico nas praças de ambas as localidades para residentes e turistas desfrutarem da saborosa culinária, em benefício de entidades assistenciais. O evento – que tem como objetivo a difusão e promoção da comida típica da região – é organizado pela Associação Empresária Hoteleira Gastronômica de San Martín de los Andes e de Villa La Angostura, com apoio da Fehgra, do Ministério de Desenvolvimento Territorial da província de Neuquén, do Conselho Federal de Investimentos (CFI) e de patrocinadores. Sobre os destinos: www.sanmartindelosandes.gov.ar e www.villalaangostura.gov.ar


El Calafate terá mais um bar de gelo – A cinco minutos da cidade de El Calafate, província de Santa Cruz, o turista encontra uma das experiências únicas da Patagônia Argentina: um dos poucos bares de gelo do mundo. Paredes, balcões, mesas e assentos de gelo, no Museu Glaciarum. Aqui, após conhecer a origem e a formação das geleiras, é possível tomar drinques em um bar que funciona a dez graus abaixo de zero: o Glaciobar. Devido à baixa temperatura ambiente, só se pode permanecer no máximo 25 minutos no bar, onde por 140 pesos (R$ 50,00 aproximadamente) são servidas bebidas com e sem álcool. Devido ao grande sucesso do Glaciobar Branca, em outubro próximo será inaugurado no centro da cidade de El Calafate um segundo bar de gelo, projetado para ser uma réplica exata do já existente. Será mais uma oportunidade para aproveitar uma das várias experiências que El Calafate oferece o ano inteiro. Para saber mais, acesse www.glaciarium.com





Contato para a imprensa no Brasil:



Notícias Atuais
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
Nenhum tag.